Professores de Santo André têm curso de Libras

Por: Olga Defavare
Especial para o BOM DIA

A primeira turma do curso de Libras para professores da rede pública de Santo André se formou esta semana. A cidade oferece aulas gratuitas para que docentes possam aprimorar seu trabalho em sala de aula no contato com alunos surdos ou com alguma deficiência auditiva.

o

 

 

 

 

 

 

É o caso da educadora Daniela Vale, que concluiu o curso com duração de dois meses e já tem planos para o futuro. “Acho que o tempo de curso foi curto, mas muito significativo, absorvi muita coisa. Agora pretendo fazer uma especialização na área”. Relatou ao afirmar que já consegue interagir melhor com sua aluna deficiente auditiva, fato que a deixou preocupada no início do ano.

Professor /O curso é ministrado por Danilo Nascimento de Oliveira, deficiente auditivo, formado em Letras/Libras pela Universidade Federal de Santa Catarina. “A falta de comunicação com os surdos é como uma parede que precisa ser quebrada”, explica Oliveira. Ele destaca que é importante manter o contato com a linguagem para não perder o jeito, como em qualquer língua estrangeira. A Libras, segundo Oliveira, é a segunda língua brasileira.

 

Nova turma de docentes tem início previsto para agosto

Para os educadores que ainda não fizeram o curso e ficaram interessados, as turmas do 2º semestre têm inscrição prevista para julho, após o recesso, e inicio do curso previsto para agosto. Na ocasião, segundo a prefeitura, haverá ampla divulgação para toda a rede.

Com apostila, a aula é inteiramente baseada em desenhos e sinais, tem duração de duas horas, uma vez por semana. No total, são 30 horas, divididas em dois meses

O curso é opcional, realizado fora do horário de trabalho dos professores e todos recebem certificado.

A gerente de Educação Inclusiva da Prefeitura, Ester Asevedo, explica que o curso tem por finalidade  oferecer uma educação mais qualificada.  “Esta formação tem como objetivo instrumentalizar os professores para atuar de forma mais qualificada frente aos alunos com deficiência auditiva”.

 

MAIS

Número de professores inscritos 

São 59 professores de salas regulares e 20 de Salas de Recurso Multifuncionais (espaços onde, no contraturno, os estudantes recebem atendimento educacional especializado com foco na sua deficiência) inscritos no curso de Libras oferecido peça Secretaria de Educação.

 

1.100  é o número de alunos portadores de alguma deficiência inscritos em salas regulares na rede municipal. Segundo a Secretaria de Educação, deste total, 79 são deficientes auditivos ou surdos.

 

Salas de Recurso

Atualmente, há 11 Salas de Recurso na cidade. “No caso dos professores das Salas de Recurso, que já sabem Libras, é uma oportunidade de qualificar o trabalho e aprimorar a fluência”, explicou a gerente de Educação Inclusiva, Ester Asevedo.

Fonte: http://www.redebomdia.com.br/noticia/detalhe/69208/professores-de-santo-andr-tm-curso-de-libras

Anúncios

Sobre Pablo Eduardo

Formado como técnico em administração pela Faculdade Joaquim Nabuco, Gestor de Recursos Humanos pela faculdade IBGM e Life Coach. Fundador do projeto Libras Diária, onde aborda temas referente a inclusão das pessoas com deficiência nas organizações e tenta conscientizar as pessoas sobre a importância de saber a Língua Brasileira de Sinais - Libras.

Publicado em 3 de julho de 2014, em libras, libras diária, Notícias, Professores de Santo André têm curso de Libras e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: