ESTIMULANDO A INCLUSÃO SOCIAL

Por: Pablo Eduardo

Não é de hoje que nossas crianças são bastantes curiosas, estão em todo momento dispostas para aprender algo novo e sempre tem uma pergunta a nos fazer. Por que não aproveitamos toda essa energia concentrada de curiosidade, e não ensinamos a elas Libras, Braille ou ambos?

inclusao-superdotados

Em nossa rua tem uma garotinha super inteligente e curiosa, tem apenas 7 aninhos. Toda vez que ela vem até nossa casa e encontra minha esposa, a emoção é grande! Começa a falar na língua brasileira de sinais (Libras) e a cada encontro no mínimo, um sinal novo é aprendido.

Ela nos contou que começou aprender a língua brasileira de sinais na sala de aula, e que a curiosidade surgiu através da camisa que a professora utilizava de Libras. A verdade é que não podemos perder nenhuma oportunidade, devemos sempre ter a consciência que devemos mostrar e ensinar os nossos filhos, familiares e alunos a língua brasileira de sinais.

A Revista mundo da inclusão é uma das ferramentas que utilizamos para facilitar o desenvolvimento do aprendizado da nossa vizinha, a revista torna o estudo mais divertido, produtivo e prazeroso. Não perca tempo, a inclusão só precisa de uma oportunidade que só você pode dar!

Anúncios

Sobre Pablo Eduardo

Formado como técnico em administração pela Faculdade Joaquim Nabuco, Gestor de Recursos Humanos pela faculdade IBGM e Life Coach. Fundador do projeto Libras Diária, onde aborda temas referente a inclusão das pessoas com deficiência nas organizações e tenta conscientizar as pessoas sobre a importância de saber a Língua Brasileira de Sinais - Libras.

Publicado em 14 de março de 2015, em Artigos de Inclusão e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Olá Pablo! Saudações eu sou Cosmo Adriano de Santana! Pode me chamar de Adriano. Eu venho desenvolvendo o ensino de Libras em Caruaru há três anos. Tenho agora um Projeto de Ensino de Libras no Ensino Fundamental II (6º ano ao 9º ano). O objetivo é tornar a libras uma língua popular entre os jovens e e transfomar a falsa Inclusão em Inclusão Atitudinal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: